top of page
Buscar

Dor ocasional


No Brasil, cerca de 15 milhões de pessoas sofrem de algum tipo de doença reumática. Elas podem atingir qualquer pessoa, inclusive crianças. Por se tratar de enfermidades distintas, que vão desde autoimunes, metabólicas, degenerativas e inflamatórias, até doenças associadas que afetam outros órgãos, é essencial que um médico avalie clinicamente o paciente para definir o diagnóstico e a gravidade.


Listar os principais sintomas não é fácil. Porém é possível considerar alguns sinais das patologias reumáticas mais comuns: dores musculares ou articulares, localizadas ou generalizadas, acompanhadas ou não de inchaço e vermelhidão no local acometido.


Normalmente, o que difere uma dor provocada por uma doença reumática de uma dor ocasional, seja ela decorrente de um traumatismo ou atividade física inadequada, é a duração da dor. Associada ao reumatismo, a dor é duradoura: semanas, meses e até anos. Já a ocasional, é transitória e de curta duração. Uma outra característica de algumas doenças reumáticas, por exemplo, as artrites, é o ritmo da dor. O paciente apresenta piora das dores à noite e nas primeiras horas da manhã.


Conhece uma pessoa que possa ser ajudada com esse conteúdo? Marque e compartilhe! #reumato#reumatologia#clinicamedica

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page